#obrasilnãopodeparar

Nesses últimos dias, o governo divulgou um movimento no mínimo RIDÍCULO que se chama “O Brasil não pode parar”. Isso foi um escândalo, afinal, o presidente como vocês sabem contrariou as orientações da Organização Mundial de Saúde.

Isso me faz lembrar um dos quadros do Debret que enquadra a escravidão, porque é isso mesmo que esse movimento me lembrou, porque não é possível, viu? Esse troço do governo é um jeito de fazer as pessoas mais ferradas morrerem mais cedo, não tem como.

Um jantar brasileiro (1827) – Jean-Baptiste Debret

Mas olha, eu não sou uma pessoa muito estudada e nem entendida o bastante para falar sobre uma coisa assim de uma forma tão vasta e conclusiva, por isso, eu linkei um vídeo aqui do Maurício Ricardo que fala sobre isso com mais garbo. Veja:

Esse é um momento histórico. Nós não devemos deixar barato, principalmente quando o Bolsonaro e seus defensores tentam matar a classe média e os mais pobres, porque só quem pode se financiar nessa crise são os mais bem de vida.

Mas, pelo menos algumas pessoas tem bom senso. Quando eles iriam adotar medidas contra o isolamento, a justiça federal suspendeu a validade dos decretos presidenciais. Confira a matéria à seguir:

Agora, falando sério: Que Deus nos ajude, e que nos dê sorte em uma situação como essa, porque nós todos vamos precisar disso… Tomara que tudo fique bem e que consigamos nos sustentar. É só isso, eu não aguento mais falar sobre isso… fui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.