amor

Essa quarentena tá muito difícil de passar, e eu tô fazendo de tudo pra não enlouquecer ao passar dos dias que fico sozinho isolado no meu pequeno quarto. É certo que estou com televisão, celular e computador, mas mesmo assim, estou sentindo um vazio enorme porque me afastaram do meu amor.

Durante esse quase um mês afastado das postagens deste humilde blog pessoal que ninguém acessa onde eu desabafo e fico entre meus pensamentos, foi me tirado a liberdade de amar completamente. E tudo isso por causa de uma coisa chamada idade…

O amor da minha vida é bem mais velha que eu, mas o amor pra mim é muito significativo e não mede idade, classe social, raça ou gênero. Isso é óbvio, mas eu estou cansado de ser privado de tudo isso por causa da idade. Estou falando sobre uma pessoa maravilhosa da qual eu amo com todo o meu coração.

Em breve, o amor da minha vida e eu vamos viver um livre e feliz futuro afastado de todos que não nos consideram, e isso é uma promessa que faço a mim mesmo. Eu não suporto viver com minhas emoções sendo privadas de mim mesmo, e com os outros escolhendo por quem eu quero ser.

Chega. O futuro vai chegar, eu vou crescer e virar adulto nesse ano e vou ter mais privacidade com quem eu quero. Talvez até formar uma pequena família anexada a dela e isso é lindo, certo? Uma vida nós iremos ter juntinhos, com a nossa casa e trabalhando juntos pela NOSSA felicidade, e não a dos outros. É isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.